A Garota Americana - Meg Cabot

by - abril 17, 2013


TÍTULO: A Garota Americana
SÉRIE: A GAROTA AMERICANA
AUTORA: Meg Gabot
EDITORA: BestBolso
ANO DE LANÇAMENTO: 2011 
PÁGINAS: 288
ISBN: 9788577993338 


Sinopse:  A Garota Americana acompanha o cotidiano de Samantha, uma típica garota americana, que leva uma vida muito parecida com a de tantas outras meninas de sua idade. Até que um dia resolve matar aula de arte e, por acaso, salva o presidente americano de uma tentativa de assassinato. Samantha logo vê sua vida virar de cabeça para baixo ao ser nomeada embaixadora da ONU, sem saber exatamente o que o cargo significa.  (Skoob).

Minha opinião: A história é narrada por Sam, Samantha Madison, uma americana de Washington D.C., que se considera uma garota normal como qualquer outra, mas no colégio ela é vista como a estranha e é ignorada por quase todos. Sam tem duas irmãs, uma mais velha chamada Lucy, super popular e líder de torcida e Rebeca, uma garota gênio que estuda em uma escola para crianças bem dotadas. Portanto, Sam é a única “normal” das filhas. Sua vida se resume em desenhar e brigar com sua irmã mais velha.

Sam ama desenhar e na escola, ela se diverte fazendo desenhos de famosos com seus colegas. Diversas vezes fiquei imaginando como seria ter a Sam como colega de classe, eu adoraria que ela me desenhasse ao lado do Jonny Depp, por exemplo. Porém, essa diversão fica ameaçada quando ela tira uma nota ruim na aula de alemão, aula essa que ela só escolheu fazer porque Lucy lhe garantiu que era uma língua fácil, mas Sam logo descobre o quão enganada ela foi, já que ela não entende absolutamente nada e prefere se dedicar a desenhar  quando ela é obrigada a estar nesta aula. Bom, como castigo por ter tirado uma nota vermelha, sua mãe lhe impõe um castigo, Sam agora esta obrigada a fazer um curso de arte depois das aulas normais.

No primeiro dia de aula no curso da Susan Boyne, Sam descobre que o castigo que a princípio ela tinha até gostado, era realmente um castigo. Susan, sua nova professora logo lhe mostra que desenhar não é tão simples assim, essa arte existe técnicas que Sam não conhece. São muitas novidades, tudo aquilo que ela acreditou sobre como um artista deve ser livre para desenhar cai por terra. Tudo o que o Jack, namorado da Lucy, artista por hobby e também o seu grande amor platônico, lhe falou durante todo esse tempo eram besteiras? Sendo assim, Sam acaba odiando Susan e tudo o que ela diz ser, arte de verdade. Voltar a frequentar essas aulas se torna a maior LOUCURA que ela jamais pretende cometer. E é aqui que a história dá uma reviravolta. Sam resolve matar a segunda aula numa loja de discos que fica ao lado do Ateliê. Só que no final do dia, quando ela já estava a postos esperando Theresa, empregada e "babá", ela acaba se envolvendo em uma cena de crime. Sam, em ato inconsciente, se joga em cima de um homem armado que estava prestes a assassinar o Presidente dos Estados Unidos e acaba quebrando o braço.

Após esse acontecimento, a vida de Sam vira de cabeça para baixo. Tudo começa com a visita do Presidente, da Primeira Dama e do Primeiro Filho no hospital com um enorme buquê de rosas e um convite especial para um jantar de agradecimento na Casa Branca. Neste exato momento, ela acaba reconhecendo o Primeiro Filho, ele é um de seus colegas do curso de arte.

Sam passa por muita coisa depois de salvar a vida do homem mais importante do mundo, coisa que ela nunca planejou, como de repente participar de eventos do governo e ser obrigada a mudar seu visual nessas ocasiões. A melhor parte dessa bagunça, é que ela se torna amiga do David, o Primeiro Filho, e ele a ajuda a encarar essas mudanças

O livro não é um dos melhores da Meg, mas é muito gostoso de ler. Tem um humor leve e a Sam é uma garota tão normal que parece que a qualquer momento nós vamos a encontrar por ai. Super recomendo a leitura ainda que eu não tenha me empolgado tanto assim com ele.


You May Also Like

0 comentários