Condenada - Chuck Palahniuk

by - dezembro 03, 2013

TÍTULO: Condenada
SÉRIE: Condenada
AUTOR: Chuck Palahniuk
EDITORA: Leya
ANO: 2013
PÁGINAS: 304
ISBN: 9788580448207

Sinopse: A filha de uma estrela de cinema narcisista e de um bilionário, Madison, é abandonada em uma escola interna na Suíça durante o Natal enquanto seus pais estão divulgando seus novos projetos e adotando mais órfãos. Ela morre de uma overdose de maconha – e a próxima coisa que sabe é que está no inferno. Madison compartilha sua cela com um grupo heterogêneo de jovens pecadores que é quase bom demais para ser verdade: uma líder de torcida, um atleta, um nerd, e um punk, unidos pelo destino para formar a versão “six-feet-under” do filme favorito de todos. Madison e seus amigos caminham através do Deserto de Caspas e escalam a Montanha Traiçoeira de Unhas para enfrentar Satanás em sua cidadela. Todos os doces, que servem como moeda no inferno, não poderão comprá-los.   (Skoob).


Este com certeza não é um dos melhores livros que já li, mas ele me marcou de uma forma quase que inexplicável. 



Madison tem apenas 13 anos e enquanto seus pais, astros hollywoodianos estão apresentando o Oscar de Melhor Filme, ela morre e vai parar no Inferno. E, com o típico “Está aí, Satã? Sou eu, Madison.” - isto ocorre em todos os inícios de capítulos - ela vai narrando as suas aventuras neste novo território.

Madison é uma garota tímida, super insegura e acima do peso. Durante toda a sua vida ela se viu rotulada pelos pais, amigos e pela sociedade no todo. Desta forma, ela acredita que no Inferno tudo ficará melhor e luta contra o bullying que sofreu durante a vida. Após a morte, ela vai se tornando uma garota totalmente diferente, forte e sem medos.

No inferno, Madison deixa de lado a garotinha solitária e recria sua própria versão de um filme dos anos 80, O Clube dos Cinco, ou seja, ela faz amizade com uma patricinha, um nerd, um esportista e um adolescente revoltado e juntos, eles exploram o Inferno e nos mostra como funciona tudo por lá. 

Durante o desenrolar da história, Madison garante ser uma viciada em esperança e nos faz observar que esta é a pior dependência que alguém pode ter no inferno. Mas, aos poucos, ela vai se livrando de algumas coisas de sua vida e acaba descobrindo seu verdadeiro eu, ainda que morto.

Condenada é o primeiro livro do Chuck Palahniuk que leio e achei bem interessante a forma como o autor soube brincar com o sarcasmo e a ironia na dose certa. Além disto, a narrativa é bem ágil e divertida. As descrições não são cansativas e nem deixam nada a desejar. O Inferno criado por Chuck é perfeito, na medida do possível, é claro!

Uma outra coisa legal de destacar, são os motivos  que Palahniuk criou para que sejamos condenados ao inferno, como por exemplo, só poder buzinar "n" vezes durante a vida inteira. Já deu pra notar que o autor soube explorar e criticar muito bem a nossa sociedade em geral, não?

Condenada é um livro inteligente e bem descontraído. Ele trata de um tema bem pesado e sem drama. Talvez, ele não seja o tipo de livro que agrada a todos, mas com certeza ao lê-lo você irá pensar um pouco no significado da vida sem ao menos perceber o que está fazendo e só isto já vale muito a leitura.  

Este livro é o primeiro de uma trilogia, e o segundo título, Doomed (ainda sem título em português), foi lançado em outubro nos EUA. Nesta continuação, Madison irá retornar para o mundo dos vivos como uma alma perdida e confesso que estou bem curiosa.

Divirtam-se e até mais!

You May Also Like

0 comentários