Quase uma rockstar - Matthew Quick

by - abril 13, 2015

TÍTULO: Quase uma rockstar
SÉRIE: -
Autor: Matthew Quick
EDITORA: Intrínseca
ANO: 2015
PÁGINAS: 272
ISBN: 9788580576764
Sinopse: Quase Uma Rockstar - Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas. (Skoob)
Quase Uma Rockstar foi direto para a minha prateleira de livros favoritos de todos os tempos. <3
Amber Appleton é uma das personagens mais otimistas que eu já conheci. Não importa  o que aconteça na vida dela, ela sempre irá acreditar que algo bom está por vir. A primeira parte do livro está recheada de esperança, alegria, fé ou qualquer outra coisa que esteja ligada a uma vida positiva. Amber é uma personagem adorável que faz de tudo para trazer esperança a todo o tipo de pessoas (e animais!). Ela faz o seu melhor para ter uma vida feliz e tornar feliz a vida de todas as pessoas que a cercam, mesmo tendo bastante problemas em sua própria vida. É impossível não admirá-la em todas as páginas.

Ela tem um cachorro chamado Bobby Big Boy (ou 3B ou BBB) e eles vivem em um ônibus com a mãe alcoólatra. Já deu pra perceber que Amber tem o direito de ser negativa em relação à vida, não é mesmo? Mas ela não é e, pelo contrário, ela é forte, feliz e acredita em Deus e em JC acima de tudo.


Amber faz parte de um grupo de amigos super diversificado. Acredito que isto tenha contribuído para tornar a história ainda mais interessante. A relação construída entre os eles, os motivos que levaram estas pessoas a serem inseparáveis, o laço forte que os une e as características de cada um fizeram com que eu me sentisse até mesmo com inveja da protagonista por tê-los em sua vida.   

Mas, como a vida sempre nos prega diversas peças. Na segunda parte do livro, ocorre um evento terrível que muda totalmente o modo como Amber encara a vida. Tinha momentos que eu chegava a me irritar com as atitudes dela, mas eu a entendia e sabia que ela precisava de um tempo. Amber queria apenas a solidão e começou a se perguntar sobre a vida e a fé. Aliás, estes questionamentos e este momento mais sombrio tornaram a história ainda mais real. Os eventos narrados me afetaram e, por diversas vezes, eu tive que dar um tempo para pensar mais sobre e não me sobrecarregar com a leitura.

Algo que vale a pena ser mencionado é que Quick soube, sem esforço, dar uma voz realista a um adolescente e, além disto, ele distinguiu Amber de qualquer outro personagem existente no mundo. Sério! Depois de ter contato com este livro, você poderá ler um parágrafo aleatório narrado por ela e conseguirá identificá-la. É uma voz única e eu não conseguiria explicá-la, você terá que ler para entender.

Eu adorei todos os personagens secundários! Ty, Jared, Chad, Ricky, as divas coreanas, Joan, Donna (a mãe fictícia mãe mais legal do mundo!) e todos os outros, agregaram muito ao enredo e se tornaram inesquecíveis, cada um a sua maneira.

"Quase uma rockstar" é um belo romance que fala sobre esperança, felicidade e fé, mas também, sobre injustiça e realidade. É uma história sobre a vida, com todos os altos e baixos. Então, se você gosta de um livro com vários personagens diversos, músicas, poesia, idosos que curtem uma batalha de rap, você, com certeza, irá amá-lo. Não é? Pois é!


 *Livro cedido para resenha pela editora.


You May Also Like

0 comentários